20/09/2013

Parabens, Vila Brandão!


Bem vinda ASCOMVIBRA!  Viva Vila Brandão!



A nova Associação de Moradores da Comunidade de Vila Brandão - ASCOMVIBRA - elegeu no dia 13 de setembro 2013 a sua diretoria:

Presidente: Sr. Arivaldo Florentino Sampaio
Vice presidente: Sra. Joelia Ramos Bruno
Secretária: Sra. Vanda de Fátima Araújo Santos
Diretora de administração e finanças: Sra. Claudia Silva dos Santos
Diretor de educação, cultura e esporte: Sr. William Jesus dos Santos
Diretora de Comunicação: Ana Patrícia da Silva Santana
Conselho Fiscal I: Rita Almeida Santos Souza
Conselho Fiscal II: Egilda da Silva Lima

PARABÉNS!!!! É uma chapa maravilhosa, forte, unindo os líderes da comunidade!
Vocês podem contar com o nosso apoio!

É uma história que começou com Pai Seu Antônio e a sua casa de Oxalá. Axé prá essa comunidade inclinada na ladeira no barro. Uma história de resistência, de coragem, de muito trabalho. 
Uma história de brigas e de cooperações, de apóio, de sorte e de dramas.

É a história dos moradores, de varias familias, de lideres e seguidores. Viva o povo da Vila Brandão!



Foi essa luta também quem fortaleceu a comunidade, que facilitou o desenvolvimento de novas estruturas democráticas. A chegada de novos moradores trouce mais profissionais, cultura, arte e educação na comunidade, ajudando a fortalecer as estruturas de uma sociedade de direito. 

Agradecemos todos as iniciativas de  Marcondes Dourado, videomaker, artista e curador reconhecido em Salvador, em conjunto com Mariella Santiago, cantora poderosa, que trabalharam, já há 20 anos atrás, em prol da comunidade, para a arte fazer parte do dia dia. Não esquecemos o apóio da Casa Amarela,  a construção da estrada, facilitando muito o acesso à comunidade.

Lembramos ainda a Bióloga Petruska Araújo; ex-vice presidente da associação da vila brandao, que conseguiu organizar junto com os moradores, num momento drástico,  ações que impediram a desapropriaçao em 2009, grande organizadora e estrategista, seguida de Ana Pi, jovem produtora de video, artísta mineira, que com toda a arte e profissionalidade estava nas primeiras filas dessa ação, o trompetísta  João Teoria, que toca com Carlinhos Brown e outros, apoiando com alguns concertos do seu grupo de Salsa, Rita Cajaíba - produzindo um video clip na comunidade, Laura Fresno, espanhola e professora do instituto da aliança francesa, que conseguiu algumas vagas para aulas de francês. Não da esquecer  o apóio da UFBA, que fez vários projetos de visibilidade da Vila Brandão, os ativistas internacionais que passaram e fizerem alguns documentários. Etc…

E claramente, somos orgulhosos da nossa participação nessa luta dos últimos 10 anos, as inumeráveis discussões, o nosso apoio democrático, internacional, político, artístico, educativo… A nossa presença no Fórum Social da Bahia, a luta pela Casa Matria e a realização dos projetos em condições difíceis, as iniciativas para uma agricultura urbana, a micro-econômia, as ofertas educativas de dança, teatro, cultura, inglês. 

O processo de intercâmbio contínuo entre o mundo de fora e o mundo de dentro, quebrando assim com a isolaçao e a divisão de classe, além de abrir outras perspectivas dentro do micro-turismo, para muitos dando oportunidade financeiras. 


A força dos moradores, a persistência, mas sobre tudo a não violência da comunidade garantiram um progresso maravilhoso.


A luta continua. Falta muito ainda no nosso bairro. 

Falta uma escada descente que da acesso ao Largo da Vitória, saída e entrada principal da vila, uma estrada praticável, falta a coleta do lixo, falta a iluminação pública. Falta um jardim público, um praçinha onde as crianças possam brincar, florzinhas nas paredes e os banquinhos para que os idosos possam sentar na sombra de árvores, que dê a dignidade do belo. Faltam as festas populares.
Falta a horta comunitária, os árvores frutíferos, ainda não participamos de um programa de recuperação e proteção do nosso mar maravilhoso, de reprodução dos peixes de aquário, da proteção das tartarugas do mar, do fortalecer da diversidade ambiental - dos inúmeros pássaros, das várias famílias de macacos, dos insetos e das ervas que temos, no centro da cidade.
Falta o programa de autonômia de energia, de recuperação das águas…

Pra realizar tudo isso, falta o nosso direito fundamental: a regularização fundiária.
Mas o processo esta indo numa boa direção: 

A união faz a força - e a força faz cidadãos e cidadãs com direitos. 
A nova associação d@s morador@s ASCOMVIBRA é o resultado de um processo democrático e participativo. Estamos extremamente felizes com a retomada desse processo democratico, que elegeu a associação nova e mais ainda de ter participado ativamente, dando a iniciativa, incentivando a conciência coletiva, em maio 2013  com o projeto:

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA - INSTRUMENTO DE EMPODERAMENTO
um projeto de construção coletiva,
proposto por "Espaço Público: cidade, pessoas e idéias",
em parceria com "Casa Matria - arte, cultura e cidadania"
Agradecemos os nossos parceiros Irã Ribeiro e Frank Handeler pela organização e o suporte às atividades desenvolvidas, o nosso grande "Parabéns" vão a equipe do "Espaço Público" - Igor Borges  e Laila Bouças, quem, com apoio do colega Prof. Rodrighy, se dedicaram com muita energia a fortalecer esse processo de formação da associação.

Sobretudo, parabenizamos a nova diretoria - morador@s valentes que se disponibilizam para realizar o sonho comum: 

Uma Vila Brandão modelo - 
que mostra que um outro mundo é possível!

a Diretoria de Casa Matria 
incubadora de projetos // Arte - Cultura - Cidadania

Célia Mara, Silvia Jura e Nancy Sears




Um comentário:

JEANE SÁNCHEZ disse...

É A COMUNIDADE SE FORTALECENDO NA COMPEENSÃO DO COLETIVO. PARABÉNS, AGORA TEM MAIS TRABLHO PELA FRENTE, VAMOS FAZER ACONTECER!